Simbolismo Maçônico na Monarquia

Simbolismo Maçônico na Monarquia

Simbolismo Maçônico no Casamento do Príncipe William? ou Meras coincidências da praxe da Monarquia Britãnica, berço de origem  da primeira Grande Loja – a Grande Loja Unida de Londres.
Ultimamente muitas pessoas estão falando sobre a relação do príncipe William com a Maçonaria. Quase desde o início da Grande Loja de Londres e depois da fundação da Grande Loja Unida de Londres, muitos membros da família real aderiram-se às lojas maçônicas no país. A Maçonaria teve um papel importante na história do Império Britânico e da família real de Saxe-Coburgo-Gota (Sachsen-Coburg und Gotha), também conhecida no século 20 como a Casa de Windsor.
A Igreja do Colegiado de São Pedro em Westmisnter mais conhecida como Abadia de Westminster (em inglês:Westminster Abbey) é uma grande igreja em estilo gótico na Cidade de Westminster, sendo considerada a igreja mais importante de Londres e, algumas vezes, de toda a Inglaterra. É famosa mundialmente por ser o local de coroação do Monarca do Reino Unido. Entre 1546 e 1556 obteve estatuto de Catedral e atualmente é uma “Royal Peculiar”.
Alguns perguntam se o piso xadrez preto e branco observado no casamento do Príncipe William ou em outras ocasiões envolvendo a realeza britânica tem alguma relação com a Maçonaria. A resposta é sim; a abadia de Westminster foi construída por maçons operários e consequentemente seu simbolismo não estaria distante.  Aqui está um trecho, para aqueles que não puderam flagrar.



Total de leitores: 705. Leitura diária: 1. Total de visitas: 2.915.175
mm

About Ivair Ximenes Lopes. Ivair Ximenes

Deixe seus Comentários

Seu comentário é muito importante. Com ele tomamos iniciativas úteis.


Deixe seus Comentários (rede social)