Ordem de Dom Pedro I - Fundador do Império do Brasil

Ordem de Dom Pedro I

Ordem de Dom Pedro I

Ordem de Dom Pedro I - Fundador do Império do Brasil
nsígnia: anverso – dragão alado, tendo ao peito escudo verde com as letras P e I, sainte de coroa condal e encimado por coroa imperial. Reverso – Igual ao anverso, com alteração na inscrição para a data 16-4-1826.

Insígnia: anverso – dragão alado, tendo ao peito   escudo verde com as letras P e I, sainte de coroa condal e encimado por coroa   imperial. Reverso – Igual ao anverso, com alteração na inscrição para a data   16-4-1826.

Fita e banda verde, com orla branca.

Graus: cavaleiro,   comendador e grã-cruz.

D. Pedro instituiu, em 16 de abril de 1826, a   Ordem de Pedro I, Fundador do Império do Brasil, para marcar, de maneira   distinta, o reconhecimento da independência do vasto império.

Jean Baptista Debret, um dos integrantes da Missão   Artística Francesa, foi o criador da insígnia.

Esta ordem somente foi regulamentada em 1842 e o   seu livro de registro começou vinte e dois anos mais tarde, com a inscrição do   decreto do Duque de Némours. Com esse atraso, as concessões efetuadas por D.   Pedro I ficaram sem qualquer referência e atribuiu-se o fato ao caráter pessoal   com que o Imperador distribuía a comenda.

 Segundo os estudiosos, somente dois   brasileiros foram agraciados: o Marquês de Barbacena (1826), talvez o primeiro a   ser homenageado; e o Marquês de Caxias (1868). Com a Proclamação da República, a   Ordem foi extinta.

Diferenças das ordens

A diferença entre a ordem imperial e a republicana está no fato de que a Imperial Ordem do Cruzeiro destinava-se a dignitários brasileiros e estrangeiros, já a Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul ficou restrita a personalidades estrangeiras. Sua concessão ou ato de conceder dá-se por decreto presidencial, configurando-se um ato de relações exteriores. É a mais alta condecoração brasileira atribuída a cidadãos estrangeiros.

Na verdade, é uma forma do governo brasileiro reverenciar estrangeiros que realizem grandes feitos para o país.

Conforme o Capítulo I do regulamento, a Ordem compreende os seguintes graus:

  • Grande Colar
  • Grã-Cruz
  • Grande Oficial
  • Comendador
  • Oficial
  • Cavaleiro.

Pela ordem de importância, sendo o Grande colar o de maior grau e o Cavaleiro o de menor grau.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Pesquisa: Ivair Ximenes Lopes

Fonte: Casa Imperial do Brasil, Família Imperial Brasileira.



Total de leitores: 485. Leitura diária: 1. Total de visitas: 2.939.611
mm

About Ivair Ximenes Lopes. Ivair Ximenes

Deixe seus Comentários

Seu comentário é muito importante. Com ele tomamos iniciativas úteis.


  1. Obrigado Meu irmão, quão importante é a o vosso comentário, pois nos incentiva e corrobora com as pesquisas que realizamos em busca de conteúdo sincero.
    TFA Ximenes

  2. Gostei das informações históricas e como a Rapública não homegea brasileiros. Bom se ficasse somente na área política para ser homenageada seria um desvio de objetivo, tnedo em vista que nossa insatisfação com os políticos são sérias.

  3. Gostei das informações históricas e como a Rapública não homegea brasileiros. Bom se ficasse somente na área política para ser homenageada seria um desvio de objetivo, tnedo em vista que nossa insatisfação com os políticos são sérias.

Deixe seus Comentários (rede social)