Marquês de Abrantes

Marquês de Abrantes

Marquês de Abrantes (1796-1865) foi político brasileiro. Recebeu o cognome de “Estadista de dois Impérios”, por sua atuação no Brasil e em Portugal. Recebeu vários títulos de nobreza. Foi membro do Instituto Histórico e Geográfico. Foi presidente da Imperial Academia de Música.

Marquês de Abrantes (1796-1865) nasceu em Santo Amaro, Bahia, no dia 23 de outubro de 1796. Filho de José Gabriel Calmon de Almeida e de Maria Germana de Sousa Magalhães. Em 1821, formou-se em Direito pela Universidade de Coimbra.

Entre os anos de 1822 e 1823, presidiu o conselho interino do governo na Bahia. Casou-se com Maria Carolina de Piedade Pereira Baía, filha do Barão do Meriti. Em 1827, foi eleito deputado constituinte. Foi Ministro da Fazenda e depois Ministro dos Estrangeiros, a convite do Imperador Pedro I.

Com a abdicação de D. Pedro I, retirou-se da política, voltando para a Bahia. Em Santo Amaro, fundou a Sociedade de Agricultura da Bahia. Escreveu o “Ensaio sobre o Fabrico do Açúcar”, buscando estimular e modernizar a produção do açúcar, que estava ameaçada pela concorrência estrangeira.

Marquês de Abrantes retorna a política em 1837. Faz oposição a Regência do padre Antônio Feijó. Foi mais uma vez, nomeado Ministro da Fazenda. Foi deputado geral pela Bahia, ocupando os mandatos entre 1826 e 1841. Em 1843 foi nomeado Conselheiro de Estado. Entre 1844 e 1845 foi diplomata em Paris, Londres e Berlim. Conseguiu a revogação pelo Parlamento da Inglaterra, da Lei que proibia o consumo do açúcar brasileiro – Questão Christie.

Grande dignatário do Império, mereceu as mais altas condecorações nacionais e estrangeiras. Foi Visconde de Abrantes, em 1841 e Marquês de Abrantes, em 1854. Em 1850 foi eleito Grão Mestre do Grande Oriente do Brasil, cargo maçônico que ocupou até 1863.

Marquês de Abrantes morreu no Rio de Janeiro, no dia 13 de setembro de 1865.

 

http://blog.msmacom.com.br

Tradicionalmente, a Maçonaria surgiu com as civilizações, e esteve presente na formação de quase todas elas, para instruir os homens nos princípios da construção social, construindo mentes sábias e personalidades…


Total de leitores: 212. Leitura diária: 1. Total de visitas: 2.914.167
mm

About Ivair Ximenes Lopes. Ivair Ximenes

Deixe seus Comentários

Seu comentário é muito importante. Com ele tomamos iniciativas úteis.