Grande Loja Maçônica do Estado de Rondônia

Grande Loja Maçônica do Estado de Rondônia

A Grande Loja de Rondônia – a gênese

A Grande Loja Maçônica do Estado de Rondônia foi instalada em 10 de abril de 1985 da E…V…, por força do Decreto nº 054-83/86-GM, de 20 de março de 1985, e na mesma oportunidade foi expedida sua Carta Constitutiva. Fora feita uma solicitação ao Ser… Gr… M… da Grande Loja do Estado do Amazonas – GLEAM, Ir… Manoel Ribeiro, pelos OObr… das LLoj… SSimb… Fé e Confiança, de Guajará-Mirim, Estrela Renascente, de Porto Velho e Águia do Planalto, de Vilhena, então jurisdicionadas àquela Grande Loja, no sentido de o Mestrado, observando as exigências legais da Constituição e dos Landmarks, proceder os trabalhos e verificações pertinentes à fundação da Grande Loja de Rondônia, que já se fazia plenamente cabível e necessária.

A GLOMARON nasceu com a união e o esforço de três lojas jurisdicionadas, as adrede elencadas. No teor do Decreto de sua criação, constava que:

O povo maçônico de Rondônia, representado pelos OObr…RReg… das LLoj… SSimb… acima, deveriam se reunir em data a ser posteriormente designada, com propósito de procederem às eleições do Primeiro Corpo Administrativo da Grande Loja Maçônica de Rondônia – GLOMARON. (Arquivo GLOMARON).

Foi determinado ainda que a GLOMARON fosse instalada em sessão solene e ritualística, presidida pelo Gr… M… da GLEAM, ou por seu Delegado devidamente credenciado, com realização em 10 de abril de 1985, na capital Porto Velho, bem como a posse, na mesma data, do seu primeiro Corpo Administrativo.

Com a instalação da GLOMARON, transferiu-se-lhe o direito a todo o patrimônio sobre os bens das LL… SSimb… existentes em nosso Estado. Todos os MMaç… RReg… que assinaram a Lista de Presença da solenidade de instalação da Potência Maçônica rondoniense passaram a ser seus legítimos Membros Fundadores.

Na oportunidade da instalação, foi ainda designado pelo Gr… M… da GLEAM um Delegado Especial para organização e garantia da perfeição nos trabalhos, que ao final, já com o Corpo Administrativo eleito, seriam homologados por aquele Gr… M….O Ir… Afonso Luiz Costa Lins, Past Gr… M… da GLEAM, foi o Delegado Especial do Grão-Mestrado, por nomeação deste. Tinha por missão presidir e apurar, entre 02 e 08 de abril de 1985, o processo eleitoral para os cargos de Gr… M… e Gr… M… Adj… da Grande Loja Maçônica do Estado de Rondônia – GLOMARON, proclamando após o escrutínio os IIr… eleitos. Devia ainda presidir a eleição do primeiro Corpo Administrativo do Poder Legislativo da Potência, e proclamá-lo após o encerramento da eleição.

Para o cargo de Secretário das eleições foi nomeado o Ir… João Batista de Verçosa Filho, Gr… Sec… de RRel… IInt… da GLEAM. Determinou, outrossim, o Ser… Gr… M… amazonense, no mesmo decreto de instalação da Potência, que o aludido Delegado Especial apresentasse posteriormente ao Grão-Mestrado do Amazonas, para a devida homologação, uma cópia autêntica dos Balaústres das eleições paras os cargos de Gr… M…, Gr… M… Adj… e do primeiro Corpo Administrativo do Poder Legislativo da GLOMARON.

Um dos fatos historicamente relevantes acerca da eleição do primeiro Gr… M… e Gr… M… Adj… para nossa Potência foi exatamente a escolha dos IIr… a ocuparem tais cargos, feita em Loja Regular. Despiciendo dizer da honra para qualquer Ir… em registrar no tempo o exercício da presidência primeira da Grande Loja Maçônica do seu Estado. Nada mais natural que houvesse forte tendência ao lançamento de variadas chapas, com diferentes candidatos a cargos tão ilustres. No entanto, a chapa resultou sendo única, pois fora executado todo o necessário trabalho preparatório para a formalidade eleitoral, dentro da maior e mais perfeita harmonia possível, diante da nobreza que reveste a cerimônia de instalação de uma Potência estadual e de seus dirigentes. Mais: a aprovação foi unânime nas LL… Fé e Confiança nº 01, com
Sessão Especial realizada em seu T…, em 04.04.85, e Águia do Planalto nº 03, com Seção Econômica em 08.04.85; apenas na B… L… S… Estrela Renascente nº 02 é que se registrou a aprovação por maioria de votos, em Sessão Especial realizada em 06 de abril de 1985.

Os eleitos foram o Ir… Sílvio Bezerra da Costa, para o cargo de Ser… Gr… M…, e o Ir… Antonio Luiz de Macedo Filho, como Emin… Gr… M… Adj…. A quase unanimidade total atesta, entre outros fatores sumamente positivos àquele momento e época, o extremo senso de unidade maçônica. Todos voltados para um mesmo propósito, que o de conquistarmos a autonomia operativa e passarmos a ter, rondonienses, nossa própria Potência estadual, a Grande Loja Maçônica do Estado de Rondônia – GLOMARON.

Um dia antes do evento, mais precisamente em 09 de abril de 1985, decretou o Gr… M… da GLEAM o início dos procedimentos visando os preparativos para o mesmo. Acerca da necessidade de instalação dos VVen… MM… das três LLoj… rondonienses acima descritas, bem como da Grande Loja Maçônica do Estado de Rondônia – GLOMARON e de seu Gr… M… e Gr… M… Adj…, foi procedido consoante preceito constitucional, no sentido de atribuir àqueles as condições legais aos cargos que exerciam os primeiros, e exerceriam os últimos. Cabia também à GLEAM adotar as medidas precisas à execução da Sess… Esp… de Inst… de MMestr…, exigindo esta cerimônia própria, com executores devidamente credenciados e revestidos de atribuições específicas para o ato. Assim foi decretada a nomeação.

Destarte, foram nomeados os RResp… IIr… MM… II… Marcelo de Souza Pauxis, Renan Correa Peixoto e Cláudio do Carmo Chaves para, em Comissão e sob a Presidência do primeiro, procederem a Instalação dos RResp… IIr… das LLoj… SSimb… referenciadas, assim como dos eleitos como GGr… DDir… da GLOMARON, habilitados para serem investidos da autoridade a que se refere o solene ato (Dec. Nº 0061-83/86-GM).

Os RResp… IIr… Gr… M… Manoel Ribeiro, o Gr… M… Adj…, GGr… MM… HHon…, membros dos Poderes Legislativo, Judiciário e GGr… SSec… do Poder Executivo da GLEAM deslocaram-se para este Or… de Porto Velho em comitiva, aqui permanecendo nos dias 09, 10 e 11 de abril de 1985. Na oportunidade efetivaram, obedecendo o Dec. Nº 057-83/86-GM, o desmembramento das LLoj… SSimb… Fé e Confiança,
Águia do Planalto e Estrela Renascente da jurisdição da Grande Loja do Estado do Amazonas – GLEAM. Transferiu ainda o Gr… M…, pelo mesmo instrumento legal, o governo do Mestr.. da Grande Loja do Estado do Amazonas – GLEAM para o Or… de Porto Velho, sede da então Aug… Resp… Loj… Simb… Estrela Renascente nº 02 da Obediência, de onde o mesmo passaria a ser exercitado no período de 09 a 10 de abril daquele ano, até o momento da posse do primeiro Ser… Gr… M… da GLOMARON.

Foi reportado, em 10 de abril de 1985, pelo Ir… Afonso Luiz Costa Lins, Delegado Especial designado, acerca de sua vinda a Porto Velho no dia 07 de abril do mesmo ano e dos preparativos já feitos, juntamente
com os RResp… IIr… João Batista de Verçosa Filho, Marcelo de Souza Pauxis e Luiz Almir Fonseca. Vieram dois dias antes da delegação do Gr… M…, para efetuarem seus traba-lhos anteriores à solenidade de Instalação, e aqui foram recebidos pelos RResp… IIr… Antonio Carlos Sampaio Nunes de Melo, Alcimar Chaves Melo e Francisco Clecisnandes do Nascimento, que lhes renderam as boas-vindas em nome dos OObr… deste Or…. Ficaram hospedados no Hotel Rondon, e procederam visitas à Loja Estrela Renascente, onde verificaram de perto a fase final das obras ali, bem como a dedicação ao trabalho dos bravos OObr… da Arte Real de Rondônia. Promoveram os IIr… amazônidas uma reunião com os de Rondônia, passando a tomadas de decisões acerca da composição da chapa de orientação. É certo que havia dificuldades, em virtude de pontos de vista diversificados. Chegou-se mesmo a uma “quase inevitável substituição de nomes”, conforme relatório do Resp… Ir… Afonso, porém a razão prevaleceu.

Não resta dúvida que algumas dificuldades foram superadas, e com a experiência dos irmãos que nos faziam companhia, conseguimos evitar uma substituição de nomes, quase inevitável, e que seria bastante difícil, haja vista a composição final do boletim de divulgação da Grande Loja de Rondônia, devidamente organizado pela Gleam.”9 Todos tiveram suas oportunidades de explanar as idéias, o que permitiu ao final uma solução de consenso, de molde a afastar impasses ou diferenças, com a predominância democrática, o respeito e harmonia recíprocos, estreitando os racionais laços de fraternidade que nos unem como verdadeiros IIr….

No segundo dia em Porto Velho, após deliberação entre os IIr… revestidos dos cargos de autoridade da GLEAM, estes passaram a tomar outras providências. O Ir… Luiz Almir contactou a imprensa, o Ir… Pauxis ficou incumbido de adaptar os necessários estudos ritualísticos para a solenidade do Templo, bem como organizar, com o Ir… João Batista de Verçosa, a segunda reunião de trabalho com os IIr… rondonienses, ainda na sede provisória da Loja Estrela Renascente. Ali, foram providenciados os Balaústres visando às reuniões complementares. No almoço, houve reunião destes IIr… com o candidato a Gr… M… Ir… Sílvio Bezerra da Costa, para efeito de coordenação de planos de trabalho. À noite, realizaram ainda duas reuniões ritualísticas, uma para dar posse ao Corpo Diretivo da Loja Estrela Renascente, e a outra foi a primeira reunião de Assembléia Geral, visando a eleição e promulgação do Ser… Gr… M…, Emin… Gr… M… Adj… e Sob… Ass… Ger…. O Bal… desta reunião seguiu anexo ao relatório do Ir… Afonso Luiz Costa Lins, Delegado Especial da GLEAM.

No dia 09, os IIr… amazonenses e rondonienses foram ao aeroporto receber a delegação do Amazonas, tendo à frente o Ser… Gr… M…, a quem os trabalhos foram prontamente relatados pelo Delegado Especial,
até aquele momento, e a partir dali passariam ao seu controle.

http://www.glomaron.org.br/



Total de leitores: 286. Leitura diária: 1. Total de visitas: 2.927.867
mm

About Ivair Ximenes Lopes. Ivair Ximenes

Deixe seus Comentários

Seu comentário é muito importante. Com ele tomamos iniciativas úteis.


Deixe seus Comentários (rede social)