Grande Loja Maçônica do Estado do Ceará

Grande Loja Maçônica do Estado do Ceará

A Grande Loja Maçônica do Estado do Ceará foi fundada em 19 de março de 1928 por iniciativa das Lojas Deus e Camocim n° 1, Porongaba n° 2 e Fortaleza n° 3.

Regular de origem, recebeu a Carta Constitutiva n° 9 exarada pelo Supremo Conselho do Grau 33 do Rito Escocês Antigo e Aceito da Maçonaria para a República Federativa do Brasil, com a denominação inicial de Grande Loja Symbolica Escoceza Soberana para o Estado do Ceará.

Buscando sempre a obediência aos postulados internacionais de regularidade, na origem e na prática, obteve o reconhecimento de suas co-irmãs do Brasil e das demais congêneres do mundo.

A seleção de novos iniciados, o estudo filosófico, o cumprimento ritualístico e a participação nos eventos da comunidade maçônica nacional e internacional têm sido uma constante diretriz em seus trabalhos. Fiel ao princípio de Liberdade com responsabilidade defendeu a tese da total autonomia do simbolismo em relação ao filosofismo, o que ensejou a assinatura de tratado de mútuo reconhecimento com o Supremo Conselho, em 1935.

Mantendo-se coerente aos princípios maçônicos sempre que o estado de direito no país foi ameaçado, defendeu a democracia e o voto universal, livre e secreto. Defendeu, sempre, a unidade das Grandes Lojas do Brasil através de decisões colegiadas e esteve presente em todos os eventos de abrangência nacional e de muitos internacionais.

Contribuiu com teses de real interesse da maçonaria brasileira, como a “Diretrizes da Atuação Política da Maçonaria no Brasil” -1957- um estudo histórico, filosófico, conjuntural, que define a ação política da Instituição. A tese sobre a criação de “Triângulos Maçônicos”, corpos maçônicos que na região de pouco número de maçons direciona os trabalhos até a criação de uma Loja regularmente constituída, facilitando assim a criação de um grande número de Lojas no país.

http://www.glmece.org.br/



Total de leitores: 498. Leitura diária: 1. Total de visitas: 2.927.285
mm

About Ivair Ximenes Lopes. Ivair Ximenes

Deixe seus Comentários

Seu comentário é muito importante. Com ele tomamos iniciativas úteis.