Grande Loja de Santa Catarina

Grande Loja de Santa Catarina

Histórico da Fundação

A semente foi lançada nos idos de 1855, por imigrantes alemães e suíços, que desejavam ver em solo catarinense as colunas da Maçonaria Universal. Fundaram, então, a Loja “DEUTSCH FREUNDSCHAFT” (Amizade Alemã).

Em 1856, Obreiros oriundos desta primeira Loja, fundaram a Loja “ZUM SÜDLICHEN KREUZE” (Ao Cruzeiro do Sul), ambas no Oriente de Joinville. Logo em 1859, houve uma fusão dessas Lojas, que passaram a adotar o título de “AMIZADE AO CRUZEIRO DO SUL”.

Estas Lojas estiveram filiadas à Grande Loja de Hamburgo-Alemanha, Grande Oriente do Brasil, Rio de Janeiro e Grande Loja do Rio Grande do Sul. Com uma história quase centenária, 86 anos de atividade maçônica no solo catarinense, e encorajados pelo profundo conhecimento que detinham da Ordem , seus Obreiros participaram da fundação da Grande Loja de Santa Catarina, juntamente com os Irmãos das Lojas Acácia Itajaiense, Presidente Roosevelt, 14 de Julho, Cruzeiro do Sul e Fraternidade Blumenauense.

Esse fato ocorreu em 21 de abril de 1956, em ato presidido pelo Irmão Fernando Vieiro, então Grão-Mestre da Grande Loja do Rio Grande do Sul, durante sessão realizada no templo da Loja 14 de Julho, em Florianópolis.

Sua primeira Administração foi eleita por aclamação e esteve assim constituída:

Grão-Mestre
Grão-Mestre Adjunto
1º Grande Vigilante
2º Grande Vigilante
Grande Orador
Grande Secretário
Grande Secret.Relações Exteriores
Grande Tesoureiro
Waldomiro Cascaes
Ruben Lyra
Dino Gorini
Xaver Arp Drolshagen
Brasílio Celestino Oliveira
Manoel Gomes
Alpheu Ferreira Linhares
Odilon Bartolomeu Vieira

Bem-vindo



Total de leitores: 309. Leitura diária: 1. Total de visitas: 2.927.867
mm

About Ivair Ximenes Lopes. Ivair Ximenes

Deixe seus Comentários

Seu comentário é muito importante. Com ele tomamos iniciativas úteis.


Deixe seus Comentários (rede social)