Ciro, o Grande

 Ciro, o Grande 

Na noite que corresponde a 5/6 de outubro de 539 AEC em nosso calendário moderno, aconteceu o que parecia impossível à cidade de Babilônia, capital do Império Babilônico. Naquela noite marcante, a cidade foi derrubada pelo exército medo-persa comandado por Ciro, também conhecido como Ciro, o Grande. A estratégia desse rei persa foi brilhante.

COMO CIRO CONQUISTOU BABILÔNIA

“Quando Ciro decidiu conquistar Babilônia, ela já era a mais destacada entre as cidades do Oriente Médio — talvez entre todas as cidades do mundo”, observa o livro Ancient World Leaders—Cyrus the Great(Líderes do Mundo Antigo: Ciro, o Grande). Babilônia contava com um sistema de proteção praticamente invencível: gigantescas muralhas cercadas por fossos alimentados pelo rio Eufrates, que cortava a cidade.

Fora de Babilônia, os homens de Ciro desviaram o curso do rio, baixando o nível de água da cidade. Então, com água pela coxa, os soldados caminharam pelo rio até os portões, que haviam sido deixados abertos, e encontraram pouca resistência ao capturar Babilônia. Segundo os historiadores gregos Heródoto e Xenofonte, os babilônios confiavam tanto nas defesas de sua cidade que, na noite do ataque, muitos estavam numa grande festa, incluindo o rei! (Veja o quadro  “Está escrito na parede”.) No entanto, o mais interessante é que a conquista de Ciro cumpriu profecias bíblicas impressionantes.

A conquista de Babilônia por Ciro foi predita na Bíblia

 PREDIÇÕES IMPRESSIONANTES

As profecias de Isaías têm um peso a mais porque foram registradas com uns 200 anos de antecedência — possivelmente 150 anos antes de Ciro ter nascido! Pense nos detalhes abaixo:

UMA LIBERTAÇÃO MILAGROSA

Em 607 AEC, os exércitos babilônicos haviam arrasado Jerusalém e levado a maioria de seus sobreviventes como cativos. Quanto tempo eles ficariam exilados? Deus disse: “Quando tiverem cumprido setenta anos, ajustarei contas com o rei de Babilônia e com aquela nação . . . e vou fazer dela baldios desolados por tempo indefinido.” — Jeremias 25:12.

Conforme mencionado, Ciro capturou Babilônia em 539 AEC. Pouco depois, ele libertou os judeus, que começaram a chegar à sua pátria em 537 AEC — exatamente 70 anos depois de terem sido deportados. (Esdras 1:1-4) Quanto a Babilônia, por fim se tornou “baldios desolados” — mais uma vez confirmando a exatidão das profecias bíblicas.

POR QUE VOCÊ DEVERIA SE INTERESSAR?

Pense nisto: a Bíblia predisse (1) os 70 anos de exílio dos judeus; (2) a conquista de Babilônia por Ciro detalhes importantes de sua estratégia; e (3) a desolação definitiva de Babilônia. Informações fornecidas com tanta antecedência não poderiam ter vindo de meros humanos. Uma conclusão mais sensata seria: “A profecia nunca foi produzida pela vontade do homem, mas os homens falaram da parte de Deus.” (2 Pedro 1:21) Sem dúvida, a Bíblia merece nossa atenção.



Total de leitores: 666. Leitura diária: 1. Total de visitas: 2.951.100
mm

About Ivair Ximenes Lopes. Ivair Ximenes

Deixe seus Comentários

Seu comentário é muito importante. Com ele tomamos iniciativas úteis.