Abertura CMSB. Campo Grande MS

Abertura CMSB. Campo Grande MS

Na última sexta-feira (05/07/2013) foi aberta a XLII Assembleia Geral Ordinária da Confederação da Maçonaria Simbólica do Brasil. A solenidade aconteceu no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo e contou com a presença de diversas autoridades maçônicas de todos os Estados brasileiros. Compuseram à mesa as autoridades: Joenildo de Sousa Chaves (Trinunal de Justiça), Wantuir Jacini ( Secretário de Segurança Pública do EStado de MS e representando o Governador André Puccinelli), Ivandro Luis Fonseca ( Secretário de Saúde de Campo Grande e representando o Prefeito Alcides Bernal), Vanderlei Freitas ( Secretário Geral da CMSB), Francisco de Sousa Chaves ( Grão-Mestre do Acre), João Rocha ( Diretor Regional dos Correios), Thomaz Willian Jackson ( Secretário Executivo da Conferência Mundial das Grandes Lojas e o Grão-Mestre de Mato GRosso do SUl Jordão Abreu da Silva Júnio, o anfitrião do evento.

A Abertura foi marcada com palavras de civismo, presente no discurso do Grão-Mestre de Minas Gerais Leonel Ricardo de Andrade e  do Desembargador de Sr. Joenildo de Sousa Chaves.

Já o discurso do Grão-Mestre de Grande Loja Maçônica do Estado de Mato Grosso do Sul, Jordão Abreu da Silva Júnior, foi marcado com grande emoção, falou do momento em que passa o Estado do Mato Grosso do Sul, dos conflitos agrários, pediu atenção do Brasil, sob o tema, pediu união das bancadas nacionais a respeito das manifestações. Lembrou que niguem quer nada que é de outrem, mas quer sim uma politica pública coerente para o setor.

Destacou sua crença no Grande Arquiteto do Universo. O Grão- Mestre citou ainda a obra de Mozart: A flauta mágica.

Aproximadamente 1.800 pessoas prestigiram o evento de ontem que terminou com um coquetel servido para todos os convidados.

Ao final, a Assembleia Geral Ordinária da Confederação da Maçonaria Simbólica do Brasil, produziu o documento abaixo transcrito:

POSICIONAMENTO DA MAÇONARIA PERANTE O POVO BRASILEIRO

Representando mais de 126 mil Maçons filiados às 2.765 Lojas das 27 Grandes Lojas Maçônicas de todas as Unidades Federativas do Brasil, a CONFEDERAÇÃO DA MAÇONARIA SIMBÓLICA DO BRASIL – CMSB, em sua XLII Assembleia Geral Ordinária, realizada de 5 a 9 de julho de 2013, na cidade de Campo Grande – MS, consoante as Declarações de Princípios que norteiam a Maçonaria Universal, CONSIDERANDO – os alertas e clamores constantes das proclamações que têm sido reiteradamente divulgadas à Nação como resultado de suas Assembleias Gerais Ordinárias anuais, no mais das vezes ignoradas pelos que representam o poder do estado no Brasil; – as mobilizações e campanhas que têm sido empreendidas pela Maçonaria em todo o território nacional “Pela Ética na Política”, “Pela Moralidade no Trato da Coisa Pública” e “Contra a Corrupção e a Impunidade”, e – as recentes manifestações de indignação que têm levado milhares de brasileiros às ruas e praças de nossas cidades, externando claro desacordo com relação ao desempenho e comportamento daqueles que deveriam trabalhar pela causa do povo e que, particularmente no que tange à classe política, não honram o contrato social que lhes concede tamanha autoridade, POSICIONA-SE perante a Nação Brasileira nos seguintes termos para:

EXIGIR

1) imediata Reforma Política que culmine com a implementação de

– extinção de foro privilegiado para autoridades públicas e parlamentares; – eleições únicas a cada quatro anos; – extinção do cargo de suplente de Senador;

– adoção do voto distrital;

– proibição que parlamentares ocupem cargos no Poder Executivo e

– redução do poder arrecadatório do governo federal com o fortalecimento das receitas dos municípios.

2) imprescindíveis ações na área da Saúde Pública que conduzam: – à aprovação da PEC 29/2011, de modo que, no mínimo, 10% das receitas correntes da União passem a ser destinadas, exclusivamente, à saúde e – à adequação da infraestrutura e ao melhoramento da formação e da remuneração dos profissionais de saúde.

3) o cumprimento do preceito constitucional destinado a assegurar que a Educação seja tratada como Política de Estado, pública, gratuita e de qualidade em todos os níveis, com a devida e necessária valorização dos profissionais a ela dedicados.

4) a rápida reformulação e adequação da Legislação Penal para restabelecer a credibilidade da Segurança Pública e, inclusive, para neutralizar o crescente sentimento de impunidade

EXORTAR

1) cada brasileiro a se envolver, proativamente, nestas questões, repelindo a violência, exercendo direitos e cumprindo deveres constitucionais, atentando para tudo o que está acontecendo e rechaçando aqueles que não derem atenção a esses clamores que visam, apenas, a conquista de um país mais justo e igualitário e

2) todos os Maçons Brasileiros para que não se omitam e participem, efetivamente, deste decisivo momento de legítimo exercício de cidadania, cumprindo sua função de verdadeiro Construtor Social.

Que Deus, o Grande Arquiteto do Universo, ilumine e proteja o Povo Brasileiro e que a Paz e a Concórdia sejam nossas fieis companheiras! Campo Grande, Mato Grosso do Sul, 9 de julho de 2013.

JORDÃO ABREU DA SILVA JÚNIOR

Grão-Mestre da Grande Loja Maçônica do Estado de Mato Grosso do Sul e Presidente da XLII Assembleia Geral Ordinária da CMSB



Total de leitores: 402. Leitura diária: 1. Total de visitas: 2.964.701
mm

About Ivair Ximenes Lopes. Ivair Ximenes

Deixe seus Comentários

Seu comentário é muito importante. Com ele tomamos iniciativas úteis.