A Deusa Hathor

A Deusa Hathor

O nome da deusa é composto de duas palavras: Hut e Hor, traduzido como “o templo de Hórus”. Hathor é o espaço sagrado, a matriz celeste que contém Hórus, o protetor da instituição faraônica. Hathor é o céu e é também aquela que espalha pelas superfícies celestes a esmeralda, a malaquita e a turquesa para com elas fazer estrelas. É muitas vezes chamada de “a dourada”, porque é o ouro das divindades, a matéria alquímica que forma o seu corpo.

“Única e sem paralelo no céu”

Hathor encarnava numa vaca imensa, da dimensão do cosmos, que oferecia generosamente o seu leite para que as estrelas vivessem. Goza de grande popularidade no Egito, sua residência preferida era no Alto Egito em Dendera – onde sobrevive um templo ptolomaíco de grande beleza e encanto.
Mãe das mães, gerava o Sol e derramava nos corações a alegria de viver.

Concedia a beleza, a juventude e o fogo do amor sob todas as suas formas, do desejo físico ao amor do divino.

Favorecia os casamentos e os tornava harmoniosos, mas somente quando o homem e a mulher escutavam a sua voz.

Ensina aos seus adeptos a dança e o sentido da festa, protetora dos vinhos, chama os seus fiéis à mesa do banquete divino.

Na sua qualidade de protetora e ama da alma dos justos, reside muitas vezes num sicômoro; com a madeira dessa árvore fabricavam sarcófagos. Era a mãe dos vivos e dos ressuscitados. Acolhe todos aqueles que empreendem a grande viagem para o outro mundo. Sorridente, enigmática, está na orla do deserto e tem na mão o sinal hieroglífico da vida, e a haste de papiro que simboliza o eterno crescimento da alma dos justos.

Para vencer as provas do Além, o homem deve tornar-se Osíris; o mesmo acontece com a mulher, que tem a vantagem de ser ao mesmo tempo Osíris e Hathor. Alimentada pelo leite da vaca celeste, a ressuscitada percorre para sempre o caminho das estrelas, dança com elas, ouve a música celeste e saboreia a sutil essência de todas as coisas.



Total de leitores: 305. Leitura diária: 1. Total de visitas: 2.964.018
mm

About Ivair Ximenes Lopes. Ivair Ximenes

Deixe seus Comentários

Seu comentário é muito importante. Com ele tomamos iniciativas úteis.